Web Toolbar by Wibiya


História

O Povoamento

O povoamento de Lima Duarte é um dos mais antigos de Minas Gerais. Suas origens remontam aos fins do século XVII. A mais velha referência a respeito tem a data aproximada de 1692 e ocupa-se da "bandeira" que tinha , como capelão o padre João Faria Filho, vigário de Taubaté e um dos pioneiros dos descobrimentos de Ouro Preto.

João Faria Filho encontrou ouro no Rio do Peixe. Desse descobrimento, Bento Corrêa De Souza Coutinho deu notícia ao Governador–Geral do Brasil na Bahia , Dom João de Lencastre, através de carta de 29 de julho de 1694. Iniciou-se o seu povoamento com a migração de colonizadores audazes, vindos de São Paulo, Rio de Janeiro e de Portugal.

A região no entanto permanecia isolada durante décadas seguidas, porque os proprietários das terras assim o queriam, a fim de contrabandear ouro.

O fato no entanto foi levado ao conhecimento de Dom Rodrigo José de Menezes, governador de Minas Gerais, que então interditou as terras redistribuindo-as aos mineradores ali residentes, dos quais passou-se a cobrar impostos sobre o ouro extraído.

Em 1715 dezenas de pessoas já habitavam a região de Ibitipoca pagando onerosos tributos à Fazenda Real pela posse de extensas glebas, datas minerais e escravos, parte do processo colonizador.

Cresceu o povoamento, em 1740 surgem as primeiras povoações à margem do Rio do Peixe e em 1839 a povoação foi elevada a Distrito de Paz. Em 1859 foi concedido o título de Freguesia ao povoado do Rio do Peixe. Em 1881 era discutido na Assembléia Provincial, o projeto que criava o Município do Rio do Peixe e elevava, consequentemente, esta povoação à categoria de Vila, anexando-se-lhe as freguesias de Conceição de Ibitipoca e Santo Antônio de Olaria, através da Lei Provincial 2804 a 3 de outubro de 1881.

Em dezembro de 1884 foi instalado solenemente o Município com o nome de Lima Duarte, como justa homenagem ao eminente Conselheiro José Rodrigues de Lima Duarte, político de Barbacena, que na época era Ministro da Marinha e Senador do Império.

Chegar a Lima Duarte e subir ao Parque da Serra de Ibitipoca é como se abrir um relicário onde dormitam histórias centenárias dignas de pesquisas, na certeza de que elas remontam a tudo que já se escreveu a respeito de um dos mais antigos povoados de Minas Gerais: a vila de Conceição de Ibitipoca, distrito de Lima Duarte e de onde originou-se o município.


seta Leia mais ...ibitipoca
seta O povoamento
seta As Igrejas
seta Manejo
seta Primeiros habitantes
seta Emancipação Política
seta Brasão de Armas da Cidade